Posts com Tag ‘quintana’

Acordou mesquinho? Leia Quintana!

Publicado: terça-feira, 20 julho - 2010 em Filosofia, Literatura
Tags:, ,

Mário QuintanaFunciona sempre comigo. Mário Quintana não é um poeta pra ser lido, tão somente, mas pra ser desossado, cozinhado, preparado com paciência (sem panela de pressão) e degustado lentamente. Sempre que acordo com uma nuvem na cabeça, querendo mandar o mundo às favas, o velhinho me coloca nos eixos. Hoje procurando uma imagem para ilustrar essa postagem, me deparei com essa. E aí eu entendi que há mais em comum entre eu ele e algumas de minhas referências de vida do que imaginava minha vã filosofia.

E não é que o danado está bebendo vinho e fumando um cigarrinho?

Vou tentar mostrar em poucos trechos o que faz do homem um marco em minha vida enquanto aspirante a pensador:

As Indagações
“A resposta certa, não importa nada: o que importa é que as perguntas estejam certas”.

Devia vir no diploma de todo cientista, pra que nunca se esqueça. Ainda, um pouco mais, só pra deixar um pouco do gosto desse vinho aí da foto nas cabeças de cada um de vocês.

“Ah, esses moralistas… Não há nada que empeste mais do que um desinfetante!”

Diálogo Noite Adentro
– Mas há as que nos compreendem…
– Ah, essas são as piores!

Entre as minhas preferidas, estão as que de tão sinceras, soam brutas. Mas como ele as coloca, ficam doces.

[Inscrição para um portão de cemitério]
A morte não melhora ninguém…

[Da calúnia]
Sorri com tranquilidade
Quando alguém te calunia.
Quem sabe o que não seria
Se ele dissesse a verdade…

[Do Bem o do Mal]
No fundo, não há bons nem maus. Há apenas os que sentem prazer em fazer o bem e os que sentem prazer em fazer o mal. Tudo é volúpia…

Nós vivemos a temer o futuro,
mas é o passado que nos atropela e mata

Poderia ficar por longas páginas citando o homem, mas vou deixar para aquele que se interessar que o busque. Quando visitei seu museu no RS, saí de lá uma outra pessoa. Muito maior, de tão pequeno. Guardo apenas uma para o final, que foi justamente a que me roubou a mesquinhez do dia.

O amor só é lindo quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.

Agora, chega. Fica aí a indicação. Faz minha vida melhor, então que faça a de mais alguém.

Anúncios